quinta-feira, 17 de abril de 2008

MUSCULAÇÃO para MULHERES

Importância e BenefíciosMulheres e musculação

Desde que bem orientada, a musculação pode trazer muitos benefícios para as mulheres. Ela representa uma excelente opção para a manutenção da saúde e melhoria da qualidade de vida, ajuda na manutenção e aumento da massa muscular, reduz a gordura corporal, ajuda a controlar dores localizadas, melhora o sono, minimiza a ansiedade e a depressão, diminui o risco de desenvolver cânceres, previne o surgimento de doenças cardíacas, controla o diabete, reduz os sintomas da artrite, diminui o risco de fraturas, controla a pressão sangüínea, combate a osteoporose e outros benefícios mais.

O treino

O treinamento para mulheres não difere muito do trabalho masculino, a não ser quanto a intensidade e volume de treinamento. O que difere, realmente, é a individualidade biológica, pois a força aplicada pelos homens é maior devido à quantidade de fibras musculares, que é maior em relação às mulheres. Os homens possuem em média maior massa corporal magra e menor peso gorduroso. São maiores, mais pesados e privilegiados pela própria estrutura óssea. Já as mulheres quando praticam musculação necessitam da força para realizá-la e no caso do levantamento de peso (específico), o que se diferencia é que a força aplicada precisa ser absoluta.

Restrições
Foto de mulher fazendo musculação

Geralmente, a grande finalidade das mulheres ao praticar musculação é adquirir músculos firmes e contornos arredondados (definição), além é claro, da redução da gordura corporal.Esse efeito é conseguido rapidamente com a prática dessa atividade, aliada a uma dieta balanceada e repouso suficiente. A única restrição, refere-se às diferenças hormonais entre homens e mulheres, que seriam a quantidade reduzida de testosterona (hormônio predominantemente masculino) que impede o alto grau de hipertrofia muscular (desenvolvimento dos músculos).
A força muscular é menor que a do homem, considerando-se assim, um ponto fraco na prática de musculação voltada às mulheres. Já no caso das mulheres grávidas, só é indicada depois de um aval médico e seguindo vários critérios, ou seja, não é qualquer grávida que pode sair por aí pegando peso de qualquer forma ou em qualquer período da gravidez. Nem pensar. Se a malhação na gestação exige cuidados, as adeptas da musculação, precisam de atenções redobradas. E não é só isso. Alguns médicos não aconselham este tipo de exercício, nem para aquelas que já praticavam antes.



Tensão Pré Menstrual
A Tensão Pré Menstrual (TPM) causa em algumas mulheres dores no corpo, dores de cabeça, cólicas, depressão, cansaço, entre outros sintomas. A prática de exercícios regulares, como a musculação por exemplo, pode minimizar algumas dores e até mesmo a depressão que ocorre antes do período menstrual. Ela ajuda no aumento da circulação geral, colaborando com o transporte de oxigênio para as células do corpo, permitindo que funcionem melhor. Além disso, ajudam a liberar endorfinas, que melhoram significativamente o mau humor causado pela TPM, provocando uma sensação de auto-controle e bem-estar. Mas cuidado, pois os exercícios muito vigorosos podem piorar o quadro.


Acima do peso

Os exercícios anaeróbicos, como a musculação, por exemplo, são muito bons para formar músculos, e também para queimar gorduras, mas de forma reduzida. Já os exercícios aeróbicos, como nadar, andar, correr, andar de bicicleta são ótimos para desenvolver a capacidade cardio-respiratória, queimar calorias e conseqüentemente, diminuir a gordura corporal.

Também formam músculos, mas não tanto como os chamados exercícios localizados ou musculação। O ideal para pessoas acima de peso, é a combinação dos dois tipos de exercício, sempre seguindo rigorosamente orientação adequada.




Mulheres magras

O treinamento com pesos, também chamado de treinamento de resistência, é benéfico para todas as mulheres, não importando sua idade, peso ou sua capacidade física. No entanto, o mais importante é que se trata de uma maneira exemplar de alcançar equilíbrio na saúde.

Varizes A imagem “http://www.lanceamais.com.br/uploads/colunistas/mulher_muscula1_ctImage210x160.jpg” contém erros e não pode ser exibida.

As varizes nada mais são do que algumas dilatações que ocorrem nas veias, por enfraquecimento de suas paredes e válvulas. Em suma, quem não tem predisposição para varizes não as terá, mesmo exposto à sobrecargas circulatórias. A afirmativa que a musculação causa varizes é equivocada.

Quem as possui, precisa apenas evitar atividades que utilizem a respiração bloqueada (apnéia), exercícios não rítmicos. Em tais circunstâncias o fluxo sangüíneo para o coração pode sofrer prejuízos, causando tonturas, náuseas, desmaios, etc. Porém quando a atividade visa uma repetição continuada, principalmente na panturrilha, há uma melhora no bombeamento do sangue.

musculação X feminilidade
Monica Brant - Atleta Fitness
Os estigmas culturais e mitos podem afetar significativamente a busca do treinamento de força por parte das mulheres, o que acaba gerando preocupação com sua feminilidade, aparência e auto-estima. A grande preocupação das mulheres é o medo de ficar grande demais. Vale salientar que esse processo conhecido como hipertrofia exagerada, só é possível com o uso dos esteróides anabólicos (drogas), pois o corpo da mulher, naturalmente, não foi preparado para ficar grande demais devido a vários fatores, um dos principais, a falta do hormônio masculino testosterona. É claro que há mulheres com predisposição de desenvolver mais massa muscular em relação a outras, mas isso depende muito da sua genética. Com isso, a musculação é sempre saudável, desde que seja praticada com moderação e orientação especializada.

treinamento diário

É grande o número de pessoas que hoje vão às academias à procura da musculação, pensando que se trata de uma modalidade de resultados expressivos em um curto espaço de tempo, principalmente as que querem ganhar massa muscular. Porém, a musculação exige uma dedicação e paciência, aliadas a um programa de treinamento, onde os dias e horários tem que ser cumpridos, onde os hábitos alimentares tem regras, onde as horas de sono são indispensáveis para um bom rendimento dos exercícios praticados e onde a rotina dos exercícios é uma constante com poucas variações. Por isso, para obter e perceber os resultados, o ideal é que a prática da musculação seja feita no mínimo, três vezes por semana.

considerações

Os três princípios básicos da musculação:

  • a alimentação
  • , o descanso e
  • o treinamento

Cada um deles é praticamente dependente do outro. Nenhum é mais importante.
Todos merecem a mesma atenção.
Além disso, é essencial realizar uma consulta com seu médico, antes de começar o treino.
Além disso, é essencial realizar uma consulta com seu médico, antes de começar o treino.



2 comentários:

Lotus Blossom disse...

Gostei bastante deste post. Preciso eliminar 22Kg e depois de 2 anos parada voltei ao ginásio a semana passada. Actualmente dou ênfase aos exercícios aeróbicos e apartir da próxima semana quero fazer body pump 2x/semana. Estava a pensar começar a fazer musculação depois de eliminar 10 kg, o que acha?
Obg

Rui Ventura disse...

Desculpe, adorei seu Blog mas vc tem uma enquete com o título:
Para Emagrecer sua melhor opção é...

Como a minha intensão é colaborar deixe que responda com honestidade, nenhuma das opções de resposta deixadas na enquete emagrece.

Qual seu objetivo com a prática da musculação?